Workshops e passeios fotográficos

JARDIM AZUL Cianotipia

Descrição

Em meados do século XIX nascia o primeiro livro ilustrado totalmente através de um processo fotográfico. Chamava-se British Algae (“algas britânicas”), tratava-se de um livro de ilustração científica, e foi produzido por Anna Atkins, uma das pioneiras da fotografia, usando a cianotipia*. Hoje, olhando para os contornos das algas recortados sobre o fundo azul reconhecemos qualidades plásticas a essas imagens que vão muito para além da precisão da reprodução dos exemplares botânicos.

Nesta oficina, os participantes deambularão pela cidade de Setúbal, para depois criarem um registo não científico, mas emocional, dos objetos que encontraram, registando através da cianotipia os seus contornos. No final, com estes resultados, construir-se-ão pequenos livros artesanais, como pequenos tributos à obra visionária de Anna Atkins.

*A cianotipia é um processo de impressão fotográfica descoberto por Sir John Herschel em 1842, apenas 3 anos após o anúncio “oficial” da descoberta da fotografia. É feita à base de sais de ferro e produz imagens permanentes numa elegante variação de matizes azuis.

Esta oficina é organizada em parceria com IMAGERIE – casa das imagens e ministrada por  Magda e Domingos (www.imagerie.imagerieonline.com)

Objetivos

Compreender o funcionamento básico da técnica (a nível químico e plástico), obter ferramentas para desenvolver experiências futuras de forma independente.

Compreender o processo de descoberta dos materiais fotossensíveis e a sua importância no aparecimento da fotografia. Compreender o papel preponderante dos cientistas e da ciência no processo de descoberta e propagação da fotografia.

Data e Local

Lapso Galeria, Rua Arronches Junqueiro

Dia 5 de Outubro entre as 10:00h e as 14:00h

Programa

1. Enquadramento histórico sobre a cianotipia como uma das primeiras técnicas de impressão fotográfica e do seu criador, Sir John Herschel, como pioneiro e figura central do processo de descoberta da fotografia.

2. Enquadramento histórico e discussão sobre o livro British Algae de Anna Atkins, e da sua influência em obras de artistas plásticos e fotógrafos contemporâneos. 

3. Breve explicação do processo químico de cianotipia e preparação das soluções químicas que compõem a solução sensível à luz.

4. Aplicação da solução fotossensível nos diversos materiais.

5. Passeio pelas ruas de Setúbal em busca de partes de plantas e outros objetos que se encontrem caídos no chão.

6. Exposição ao sol dos materiais sensíveis com os objetos encontrados.  (fotogramas).

7. Revelação e fixação das impressões com água.

Reserve já >